Cavitação

Para o Topo

Cavitação é um método não invasivo, não sendo um método cirúrgico não precisa de anestesia ou hospitalização. Também é conhecida por lipoaspiração, indolor não invasivo para eliminar a gordura localizada do abdómen, coxas, glúteos. Atua sobre células do tecido adiposo, tendo portanto como objetivo eliminar a gordura do organismo.

 

Cavitação é um método ultra–sónico de baixa frequência e ou de alta frequência que atinge o tecido adiposo, que formam as pressões positivas e negativas provocando milhões de micro bolhas de ar no líquido intersticial. As ondas ultra sónicas geram um efeito mecânico por vibração que destrói a gordura localizada.

 

No processo de cavitação, as células adiposas aumentam de volume, ocorre uma implosão. A gordura resultante fica retida nos espaços intracelulares, por isso é importante fazer Drenagem Linfática ou pressoterapia, a fim de ser eliminada através do sistema linfático, que vai ajudar a encaminhar as toxinas que serão eliminadas pelas vias urinárias.

 

Sendo assim é necessário beber 2 litro de água por dia e também antes e depois de cada sessão. Em cada tratamento o corpo é moldado ganhando novas formas.

 

É muito importante ter a vida ativa, manter alimentação saudável, praticar o desporto regular, hidratar o corpo e a pele, aplicando cremes com substâncias redutoras. Os resultados são visíveis após 3 sessões, com perda de 1 cm de cintura em cada sessão, há uma melhoria da circulação sanguínea e regula o trânsito intestinal. 

 

 A duração média é de 35-40 minutos por sessão não é muito tempo, nem o tratamento é incómodo. E convém saber que se voltar ganhar volume, a gordura também volta, por isso é importante manter uma alimentação equilibrada e praticar exercício físico de forma regular, para além de manter o pensamento positivo. 

 

 

Contra – indicação 

A cavitação está contraindicada nas seguintes situações:

  • Grávidas; 
  • Pessoas com problemas de pele;
  • Doentes de cancro;
  • Portadores de prótese e/ou pacemaker;
  • Dispositivos intrauterinos.
  • Problemas de hipertensão;
  • Problemas de tiroide.
  • Triglicéridos elevados
  • Diabetes,
  • Lúpus...

 

Para além destas situações, a cavitação não deverá ser utilizada nos lábios, no rosto, nas mucosas, no coração, no pescoço, nos seios ou em áreas corporais com feridas e/ou varizes, também é proibida a pessoas que estejam a efetuar tratamentos à base de anti-inflamatórios, antibióticos ou anticoagulantes.

 

É muito importante que o paciente informe o profissional, se tiver problemas de hipertensão ou de tiroide, pois dependendo da gravidade da situação esta técnica pode ser prejudicial.

 

Na Fisioterapia Lisboa dispomos do serviço de Estética, com equipamentos de vanguarda e Esteticistas para o tratamento de Cavitação.

 



Para saber mais informações, preencha o formulário online ou ligue directamente para a Fisioterapia Lisboa:
96 689 07 42 ou 91 365 30 49